2017 Golden Globe Awards (Parte II)

janeiro 08, 2017


É hoje o grande dia da cerimónia dos Golden Globe Awards, uma das grandes noites do ano de Los Angeles. Como referi na primeira parte do post (pode ver, aqui), as minhas escolhas reflectem apenas o meu gosto pessoal e apenas isso.

Bora continuar o post...Let's go!

Melhor Actor - Comédia

Jeffrey Tambor (Transparent)


Dos nomeados apenas conheço bem 2 personagens, infelizmente não posso opinar sobre o Anthony Anderson, o Donald Glover e Nick Nolte, porque não vejo as séries onde contracenam. Não foi difícil a escolha entre Gael Garcia Bernal e Jeffrey Tambor, apesar do grande papel e interpretação do actor mexicano na série Mozart in the Jungle, a Maura de Transparent é inesquecível e única. É de louvar um actor do calibre de Tambor no pequeno ecrã, um bem haja à Amazon, pela escolha do actor e do elenco em geral. Faltou nomes como Eric Stonestreet (Modern Family), Sam Waterston (Grace and Frankie) ou Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt) entre os nomeados.

Melhor Actriz - Comédia

Gina Rodriguez (Jane the Virgin)


É o maior rol de nomeados desta edição, apesar de discordar de uma das nomeadas, para mim a Sarah Jessica Parker faz sempre de si própria, pode ser um ícone de moda, mas não considero-a uma boa actriz. Issa Rae e Tracee Ellis Ross não tenho opinião porque não sigo as suas séries, apesar das boas críticas que leio, conheço alguns trabalhos da Tracce, do que vi sempre gostei. Julia Louis-Dreyfus não existem palavras para descrever a actuação soberba da actriz em Veep, mesmo depois de vários anos de interpretação, merece os imensos prémios que tem ganho. Resta-nos Rachel Bloom e Gina Rodriguez, ambas galardoadas com um globo de ouro nesta categoria e óptimas como protagonistas. A The CW conhecida pelas suas séries juvenis acertou em cheio nas comédias, Crazy Ex-Girlfriend e Jane the Virgin são bons exemplos disso, escolho a Gina Rodriguez por esta representar os latinos nesta cerimónia, é importante salientar as minorias neste tipo de evento. Fazem muita falta nomes como Ellie Kemper (Unbreakable Kimmy Schmidt), Jane Krakowski (Unbreakable Kimmy Schmidt), Jane Fonda (Grace and Frankie), Lily Tomlin (Grace and Frankie), Allison Janney (Mom) ou Julie Bowen (Modern Family).

Melhor Actor - Telefilme ou Minissérie

Courtney B. Vance (The People v. O. J. Simpson: American Crime Story)


Nesta categoria não tive qualquer dúvida, apesar dos excelentes Riz Ahmed, Bryan Cranston, Jhon Turturro e Tom Hiddleston, todos merecidamente nomeados.Mas nenhum deles imprimiu tamanha veracidade à personagem como Courtney B. Vance, como Jhhnnie Cochran, advogado de defesa de O. J. Simpson. Que actor fascinante, brilhou desde a primeira cena à última, o primeiro encontro entre o advogado e o réu, é simplesmente maravilhoso, uma aula de interpretação de Vance. 

Melhor Actriz - Telefilme ou Minissérie

Sarah Paulson (The People v. O. J. Simpson: American Crime Story)


Felicity Huffman, Charlotte Rampling e Kerry Washington são actrizes fantásticas, mas este é o ano de Sarah Paulson (finalmente). Riley Keough li muitos comentários positivos, mas infelizmente não conheço o seu trabalho, nunca vi nada da série. É gratificante ver o nome da veterana Charlotte Rampling nos Golden Globes (já o ano passado foi valorizada nos Oscars), quem vê cinema europeu, sabe o valor desta grande actriz. Mas a Sarah Paulson já merecia este momento à muito tempo, ela é genial em tudo o que faz, arrasando de personagem para personagem. Construiu uma Marcia Clark segura, batalhadora, inteligente e acima de tudo uma mulher com os problemas inerentes a todas as mulheres trabalhadoras. Destaco a cena em que Marcia, não consegue aguentar e chora depois de ser gozada por todos em tribunal, vejo a interpretação de Sarah como um uma homenagem reconhecimento por tudo o que Marcia sofreu, desde o preconceito à injustiça

Melhor Actor Secundário - Série, Telefilme ou Minissérie

John Lithgow (The Crown)


Reconheço o mérito de Hugh Laurie e de Christian Slater, mas apenas fiquei indeciso com Jhon Travolta, John Lithgow e Sterling K. Brown. Travolta regressou em grande, depois de alguns fracassos e interpretações menos boas, este papel acertou-lhe na perfeição, apesar de alguns tiques exagerados por vezes, beirava a caricatura. Mas a decisão entre Brown e Lithgow foi a mais difícil de todas, estive indeciso até publicar o post, por um lado temos um homem que teve de colocar de lado a sua raça e os seus ideais e lutar pela verdade, por outro, temos uma das personalidades mais polémicas e controvérsias do século XX, Churchill. Optei por Lithgow, por uma questão de gosto pela história europeia e pela brilhante e pormenorizada  interpretação.

Melhor Actriz Secundária - Série, Telefilme ou Minissérie

Thandie Newton (Westworld)


Olivia Colman, Lena Heady, Chrissy Metz e Mandy Moore foram todas brilhantes e dignas das nomeações, mas a minha escolha é Thandie Newton. Pode não ser a escolha óbvia, mas Newton conseguiu brilhar no meio de um elenco de luxo, com Anthony Hopkins, Jeffrey Wright e Ed Harris. Conseguindo firmar-se ao mostrar o seu talento, como dona do bordel, obtendo o merecido destaque na trama da HBO. Acho inaceitável o nome de Kathy Bates não estar na lista, com a esplêndida interpretação em American Horror Story: Roanoke, a alma da temporada.  


Concordam com as minhas escolhas? Sugestões?

Paulo Faria

You Might Also Like

2 comentários

  1. Obrigada pelo teu comentário Paulo. Dei um saltinho ao teu blog e gostei muito do que vi e já estou a seguir :)

    Beijinhos
    Andreia, ALL THE BRIGHT PLACES

    ResponderEliminar